Custom Search

Rua Duvivier, Copacabana, Rio de Janeiro 

Rua Duvivier começa na Avenida Atlântica  e termina na Rua Barata Ribeiro .

Tuite para os seus amigos: A Rua Duvivier começa na Avenida Atlântica e termina na Rua Barata Ribeiro em Copacabana

Rua Duvivier em Copacabana

Na rua Duvivier estão dois dos cursos de idiomas mais tradicionais de Copacabana, além de prédios em estilos que vão do clássico, art-decó ao mais moderno que existe, como o hotel na esquina com Avenida Atlântica, sem falar que Duvivier é um nome intimamente ligado à história de Copacabana

Ah, a rua Duviver é uma rua com velocidade limitada a 30Km por hora!

GeoLocalização:

Latitude, Longitude : (-22.9652107, -43.17810080)

 CEP da Rua Duvivier, Copacabana, Rio de Janeiro:

  • 22020-020 Rua Duvivier

#Hashtag

  • #ruaduvivier
  • #duvivier

Rua Duvivier, Copacabana

Restaurantes na Rua Duvivier

Selecionamos alguns restaurantes na Duviver e proximidades, apenas os melhores e mais perto, lembrando que esta é a região do Beco das Garrafas

  • La Fiducia - Rua Duvivier, 21 - telefone 22957474

  • Quick Galetos - Rua Duvivier, 28 loja A - telefone 25412897

  • Azumi - Rua Ministro Viveiros de Castro, 127 - telefone 25414294

A Lista e Reserva de Hotel, hostel e aluguel de apartamento por temporada na região da Rua Duvivier

Na região da Rua Duvivier selecionamos alguns hotéis para que você reserve seu hotel, hostel ou aluguel de apartamento por temporada  em Copacabana pela localização ao lado ou consulte a Lista de Hotéis clicando aqui

Quem foi o Duvivier que dá nome a Rua em Copacabana?

Theodoro Duvivier, brasileiro, nasceu em 18 de Maio de 1848 e morreu em 04/02/1924, filho de Joseph Clement Duvivier, belga e da Condessa Agatte D'amerval, francesa.

Foi casado com Amália de Sá Wagner em 1876, tendo como madrinha, Dona Maria do Loreto Navarro Moniz de Aração, Viscondessa de Mauá, aquela, descendente de Estácio de Sá, sendo seu pai, o comendador da Legion D'onneur, o alemão de nascimento, naturalizado francês, Sr Alexandre Wagner. 

Adquiriu na década de 1860 chácaras na quase totalidade da área de Copacabana idealizando um balneário no estilo recém criado da Cote D'azur na França, loteando e vendendo vários lotes. 

Com sua volta a Europa na década de 1880, Theodoro Duviver, assumiu seus negócios no Brasil e recomprou vários terrenos vendidos, entre eles, o do atual Hotel Copacabana Palace , adquirido do Conde D'eu e vendido a família Guinle em 1923. 

Doou a prefeitura as praças Cardeal Arcoverde e do Lido, com o encargo para a prefeitura ali construir escolas publicas!

Doou a praça da rua Princesa Isabel, nomeada em homenagem a Isabel, da Bélgica local de origem de sua família.

Foi Mordomo da Santa Casa de Misericórdia, entre muitas outras atividades na vida publica.

O loteamento e urbanização de Copacabana geraram inúmeros litígios com posseiros, herdeiros e principalmente com o Exercito Brasileiro que duraram quase 100 anos, iniciando-se em 1865 e terminando com o litigio da ladeira do Morro da Babilônia na década de 1960, atravessando 4 gerações da família Duvivier.

Cláudio Duvivier

Vista da Rua Duvivier no início do século XX

Depoimentos

Na rua Duvivier, esquina de N S Copacabana ficava, nos anos 60, o Club 36, onde se apresentavam, em dias alternados, Caymi e Elizeth Cardoso. Um pouco mais acima, no Beco das Garrafas, ficava a boite Jirau onde Elis Regina e outros artistas iniciantes, como ela, davam uma canja lá pelas duas da madrugada.
— Hernani Guimarães Teixeira

O Beco das Garrafas, berço da bossa-nova, fica colado na Rua Duvivier!

Pesquise e descubra mais!

Custom Search