Back to All Events

Parada do orgulho LGBTI em Copacabana. A Parada GAY de Copacabana costuma acontecer entre outubro e dezembro. Em 2017 aconteceu em 19 de novembro.


  • Praia de Copacabana Copacabana Rio de Janeiro, RJ Brasil (map)

Se existe uma parada LGBT deslumbrante é a que acontece na orla da princesinha!

A 22ª Parada do Orgulho LGBTI - lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e pessoas intersex, de Copacabana, foi em um dia quente, nublado com uma chuva fina que ia e voltava, reuniu 800 mil pessoas, 200 mil a mais do que em 2016. Foram seis trios elétricos que animaram a Parada, com a tradicional abertura com Jane Di Castro interpretando o Hino Nacional e com a participação de Preta Gil, Pabllo Vittar, Lorena Simpson, Daniela Mercury, Bateria da Mangueira e muitos outros.

parada-gay-2017-Pabllo-Vittar.jpg

O percurso da caminhada foi pela Avenida Atlântica, pista da área de lazer, a partir do Posto 5, em direção ao Posto 2 (Praça do Lido). As vias foram interditadas a partir das 23h55 do sábado. 

E se você vem para a parada, certamente, vai querer curtir a noite de Copacabana, é como diz a música né? "Se a noite pode ser boa" ela ficará ainda melhor numa das boates e clubes noturnos de Copacabana!

parada-gay-2017-bandeira-colorida.jpg

No Brasil, a primeira Parada aconteceu em junho de 1995, ao final da 17ª Conferência Internacional LGBT (ILGA), primeiro evento do gênero no país, alcançando cerca de três mil pessoas na Praia de Copacabana.

Na época foi chamada pelo movimento LGBT de Marcha pela Cidadania de Gays, Lésbicas e Travestis.

As paradas tornaram-se hoje as maiores manifestações de massa do país, numa festa da cidadania e diversidade, focada na luta por direitos de uma população estigmatizada. 

PARADA DO ORGULHO LGBT RIO CHEGOU AOS 21 ANOS, EM 2016, LUTANDO PELOS DIREITOS E CIDADANIA DE LÉSBICAS, GAYS, BISSEXUAIS, TRAVESTIS E TRANSEXUAIS

Confira fotos:

 

Com o tema “Eu sou minha identidade de gênero”, a 21ª Parada do Orgulho LGBT Rio 2016 , atraiu 600 mil pessoas  a orla de Copacabana, em 11 de dezembro de 2016. Foram 6 carros .de som, participação de Ludimila e outros artista.  

A partir das 9h, foram oferecidos os já tradicionais serviços na ‘Ação, Orgulho e Cidadania’ e a concentração será as 13hs, no Posto 5.

Em 2015 o tema foi “Palavras Ferem, Violência Mata”, as 14h o trio de abertura se transformou em um palco com show de vários artistas da cena gay apresentados por Lorna Washington e Magaly garantiram presença o grupo das Mães pela Diversidade, das pessoas transexuais, a Marcha das Mulheres Negras. Muita alegria e cidadania!

8197403835_967c56c840_z.jpg

Em 2015, segundo a PM cerca de 500 mil pessoas se reuniram na Praia de Copacabana, a mais famosa do mundo! 

Venha e reserve na Zona Sul: