Custom Search

Praça Edmundo Bittencourt no Bairro Peixoto, Copacabana, Rio de Janeiro 

A Praça Edmundo Bittencourt se localiza no Bairro Peixoto, entre as Ruas Décio Vilares e Maestro Francisco Braga e fazendo esquina com a Rua Anita Garibaldi, é também conhecida como Praça do Bairro Peixoto. 

Tuite para os seus seguidores: O Bairro Peixoto é um bairro dentro de Copacabana!

O Bairro Peixoto parece um oásis, entre as Ruas Figueiredo Magalhães e Santa Clara.

Os principais fatores que fizeram da área um reduto bucólico, no meio da frenética Copacabana, está na inexistência de comércio e uma exigência feita, na década de 30, pelo comendador Felisberto Peixoto que impôs um limite de altura para a construção de edifícios, no local, por decreto do Prefeito Mendes de Moraes, de quatro pavimentos. 

GeoLocalização:

Latitude, Longitude : (-22.967205, -43.189959)

CEP das ruas ao redor da Praça Edmundo Bittencourt no Bairro Peixoto, Copacabana, Rio de Janeiro:

#Hashtag:

  • #bairropeixoto
  • #pracadobairro 

Rua Decio Vilares, Copacabana
 

Feira Livre na Praça Edmundo Bittencourt no Bairro Peixoto

Nas quartas-feiras acontece uma feira livre com um clima único no Rio de Janeiro!

Só você vindo prá conseguir entender! 

Restaurantes na Praça Edmundo Bittencourt

A região e a praça do Bairro Peixoto se destacam  pela ausência de estabelecimentos comerciais, inclusive bares e restaurantes, mas vale o destaque de um exemplar único da região que é o Pontinho, onde você vai curtir um chopp de qualidade! 

Pontinho - Rua Décio Vilares, 360 - telefone 2257-1676

 

A Lista e Reserva dos Hotel, hostel e apartamentos por temporada no Bairro Peixoto

Aqui estão alguns dos hotéis, hostel e apartamentos por temporada que selecionamos para você aqui na região do Bairro Peixoto!

Reserve em Copacabana pela localização ou consulte a Lista de Hotéis clicando aqui

Clique na foto para reservar

Quem foi Edmundo Bittencourt que nomeia a Praça no Bairro Peixoto em Copacabana?

Edmundo Bittencourt
jornalista brasileiro
Edmundo Bittencourt, nasceu 5 de fevereiro de 1866, Santa Maria, Rio Grande do Sul. Formou-se em direito e começou sua carreira de advogado com Rui Barbosa. Foi secretário do jornal A Imprensa, de Rui Barbosa. Adquiriu o jornal em janeiro de 1901 e em junho lançou o Correio da Manhã. Em 1906 duelou com Pinheiro Machado, que era atacado pelo jornal, que também foi um dos responsáveis pelo fim da República Velha. Morreu em 16 de outubro de 1943 no Rio de Janeiro.
Praça Edmundo Bittencourt
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
22041-050
Brasil
DOB: 05/02/1866
DOD: 16/10/1943

Formou-se em Direito, no Rio de Janeiro e começou sua carreira de advogado com Rui Barbosa e Sancho de Barros Pimentel.

Foi secretário do jornal A Imprensa, fundado por Rui Barbosa e Carlos Bandeira.

Em abril de 1900 o jornal foi suspenso, voltando a circular em janeiro de 1901, quando Edmundo Bittencourt comprou-lhe o acervo gráfico, dando inicio ao Correio da Manhã, lançado em junho de 1901.

Este jornal caracterizou-se como de oposição, com grande prestígio nas camadas populares.

Em 1906, Edmundo Bittencourt bateu-se em duelo com Pinheiro Machado, que era combatido, com veemência, pelo jornal. O Correio da Manhã foi o órgão de imprensa que mais contribuiu para o fim da República Velha, enquanto Edmundo Bittencourt se firmava como um dos mais populares jornalistas do país.

Teve um filho, também brilhante jornalista, Paulo, que lhe sucedeu na direção do jornal. Edmundo Bittencourt morreu em 16/10/1943 no Rio de Janeiro. Na praça existe um busto em bronze sobre pedestal em granito de autoria do escultor Hildegardo Leão Veloso.

Paulo Felisberto Peixoto da Fonseca, chegou ao Brasil em 1875 e alguns anos depois, ele começava a comprar terras na região. Em pouco tempo, acabou formando uma chácara, com lagoas, bambuzal, árvores frutíferas e até gado.

Na esquina das ruas Tonelero e Siqueira Campos, hoje movimentada, ele montava uma barraquinha e vendia leite.

Comendador faleceu no dia 3 de novembro de 1947, em sua casa na Rua Tonelero assistindo ao início da urbanização no terreno de sua chácara.

Em 13 de março de 1990, o Decreto nº 9.226 regulamentou a criação da APA Bairro Peixoto.

Todas as Quartas acontece a Feira Livre na praça.

Conservando o mesmo padrão arquitetônico, com a maioria dos prédios da década de 40, hoje o bairro é área de proteção ambiental e de preservação histórica e por isso a maior parte dos condomínios está isenta de IPTU.

Jogamos partidas de futebol, com a camisa do Flamengo e uma bola amarela, que Didi trouxe da Suecia para nos, na mansao dos Guaranas, que se avizinham a sonhos acordados.

Foi uma juventude alegre e inesquecivel, que recordo em noites de sonhos.

Agradeco a Deus por viver neste tempo no Bairro Peixoto.

Abracos e beijos a todos voces, amantes do Bairro.
— Francisco Gazaneo
Depois de muitos anos afastada do Rio, retornei e voltei a residir no Bairro foi realmente uma volta para casa.

Lembro que na década de 50, descia a ladeira Décio Vilares em carrinhos de rolimã e aos domingos ia assistir filmes num telão na pracinha.

Que saudades desse tempo.
— Sandra Gomes Carneiro

Um verdadeiro oásis dentro de Copacabana com um clima de cidade do interior: visite e conheça o Bairro Peixoto!

Pesquise e descubra mais!

Custom Search