Custom Search

A vida de Dorival Caymmi em Copacabana

O baiano Dorival Caymmi foi um apaixonado pelo mar e um morador ilustre de Copacabana, no Rio de Janeiro!

Dorival Caymmi (Salvador, 30 de abril de 1914 — Rio de Janeiro, 16 de Agosto de 2008) foi cantor, compositor e pintor brasileiro.

Dorival Caymmi

Tuite para os seus seguidores: Dorival Caymmi viveu em Copacabana. O pai das canções praieiras, que descrevem a beleza e o deslumbramento com a natureza

Compôs sobre os hábitos, costumes e as tradições do povo baiano. Teve como forte influência a música negra, desenvolveu um estilo pessoal de compor e cantar, demonstrando espontaneidade nos versos, sensualidade e riqueza melódica.

Morreu em 16 de agosto de 2008, aos 94 anos, em casa, às seis horas da manhã, por conta de insuficiência renal e falência múltipla dos orgãos. Estava doente desde 2007, permanecendo em internação domiciliar desde dezembro.

Dorival Caymmi

 

#Hashtag:

 

  • #dorivalcaymmi
 

Família Caymmi

 
 

Poeta popular, compôs outras obras como Marina, Modinha para Gabriela, Maracangalha, Saudade de Itapuã, O Dengo que a Nega Tem, Rosa Morena entre tantas outras. Filho de Durval Henrique Caymmi e Aurelina Soares Caymmi, era casado com Adelaide Tostes, a cantora Stella Maris. Todos os seus três filhos são também cantores: Dori Caymmi, Danilo Caymmi e Nana Caymmi.

Caymmi era descendente de italianos, as gerações da Bahia começaram com o seu bisavô, que chegou ao Brasil para trabalhar no reparo do Elevador Lacerda. Ainda criança, iniciou sua atividade como músico, ouvindo parentes ao piano.

Seu pai era funcionário público e músico amador, tocava, além de piano, violão e bandolim. A mãe, doméstica, era cantava apenas em casa.

Ouvindo o fonógrafo e depois a vitrola, cresceu sua vontade de compor. Cantava, ainda menino, em um coro de igreja, como baixo-cantante. Com treze anos, interrompe os estudos e começa a trabalhar em uma redação de jornal O Imparcial, como auxiliar.

Com o fechamento do jornal, em 1929, torna-se vendedor de bebidas.

 

Dorival Caymmi 1938

 

Em 1930 escreveu sua primeira música: 'No Sertão", e aos vinte anos estreou como cantor e violonista em programas da Rádio Clube da Bahia. Já em 1935, passou a apresentar o musical Caymmi e Suas Canções Praieiras. Com 22 anos, venceu, como compositor, o concurso de músicas de carnaval com o samba A Bahia tambem dá.

Gilberto Martins, um diretor da Rádio Clube da Bahia, o incita a seguir uma carreira no sul do país. Em abril de 1938, aos 23 anos, Dorival, viaja de ita (navio que cruza o norte até o sul do Brasil) para cidade do Rio de Janeiro, para conseguir um emprego como jornalista e realizar o curso preparatório de Direito. Com a ajuda de parentes e amigos, fez alguns pequenos trabalhos na imprensa, exercendo a profissão no jornal Diários Associados, ainda assim, continuava a compor e a cantar. Conheceu, nessa época, Carlos Lacerda e Samuel Wainer.

Foi apresentado ao diretor da Rádio Tupi, e, em 24 de junho de 1938, estreou na rádio cantando duas composições, embora ainda sem contrato. Saiu-se bem como calouro e iniciou a cantar dois dias por semana, além de participar do programa Dragão da Rua Larga. Neste programa, interpretou O Que é Que a Baiana Tem, composta em 1938. Com a canção, fez com que Carmen Miranda tivesse uma carreira no exterior, a partir do filme Banana da Terra, de 1938. Sua obra invoca principalmente a tragédia de negros e pescadores da Bahia: O Mar, História de Pescadores, É Doce Morrer no Mar, A Jangada Voltou Só, Canoeiro, Pescaria, entre outras.

Em 11 de dezembro de 2008 foi inaugurada uma estátua do compositor Dorival Caymmi, instalada no calçadão do Posto 6, na Praia de Copacabana. Esculpida por Otto Dumovich, inspirada numa fotografia de Evandro Teixeira ela foi toda feita em bronze, mede 1,80m e pesa quase de 300 kilos. 

 
 

Filho de santo de Mãe Menininha do Gantois, para quem escreveu em 1972 a canção em sua homenagem: "Oração de Mãe Menininha", gravado por grandes nomes como Gal Costa, Maria Bethânia e Beth Carvalho.

 
 

Discografia de Dorival Caymmi

 
 

Carmem Miranda & Dorival Caymmi
Abril de 1939 - 78 rpm - Odeon
Musicas :
A - O que é que a Baiana tem? (Dorival Caymmi)
B - A Preta do Acarajé (Dorival Caymmi)
Primeira gravação de Caymmi.

Carmem Miranda & Dorival Caymmi
Setembro de 1939 - 78 rpm - Odeon
Musicas :
A - Rainha do Mar (Dorival Caymmi)
B - Promessa de Pescador (Dorival Caymmi)

Dorival Caymmi
Dezembro de 1943 - 78 rpm - Continental 15.021
Musicas :
A - Essa Nega Fulô (Jorge de Lima/Osvaldo Santiago)
B - Balaio Grande (Dorival Caymmi/Osvaldo Santiago)

Dorival Caymmi
Dezembro de 1943 - 78 rpm - Continental 15.025
Musicas :
A - É Doce Morrer no Mar (Dorival Caymmi)
B - A Jangada Voltou Só (Dorival Caymmi)

Dorival Caymmi
Dezembro de 1943 - 78 rpm - Continental 15.094
Musicas :
A - O Mar (I) (Dorival Caymmi) B - O Mar (II) (Dorival Caymmi)

Dorival Caymmi
Agosto de 1945 - 78 rpm - Odeon 12.606
Musicas :
Dora (Dorival Caymmi)
Peguei um Ita no Norte (Dorival Caymmi)

Dorival Caymmi
Março de 1946 - 78 rpm - Odeon 12.685
Musicas :
A Vizinha do Lado (Dorival Caymmi)
Trezentas e Sessenta e Cinco Igrejas (Dorival Caymmi)

Dorival Caymmi
Agosto de 1947 - 78 rpm - RCA Victor 80.0536
Musicas :
Marina (Dorival Caymmi)
Lá Vem a Baiana (Dorival Caymmi)

Dorival Caymmi
Abril de 1948 - 78 rpm - RCA Victor 80.0576
Musicas :
A - A lenda do Abaeté (Dorival Caymmi)
B - Saudade de Itapoã (Dorival Caymmi)

Dorival Caymmi
Julho de 1949 - 78 rpm - RCA Victor 80.0596
Musicas :
A - O Vento (Dorival Caymmi)
B - Festa de Rua (Dorival Caymmi)

Dorival Caymmi
Maio de 1948 - 78 rpm - RCA Victor 80.0585
Musicas :
A - Cantiga (Dorival Caymmi)
B - Sodade Matadera (Dorival Caymmi)

Dorival Caymmi
Julho de 1952 - 78 rpm - Odeon 13.288
Musicas :
A - Não tem Solução (Dorival Caymmi/Carlos Guinle)
B - Nem Eu (Dorival Caymmi)

Dorival Caymmi
Agosto de 1953 - 78 rpm - Odeon 13.478
Musicas :
A - Tão Só (Dorival Caymmi/Carlos Guinle)
B - João Valentão (Dorival Caymmi)

Dorival Caymmi
Setembro de 1954 - 78 rpm - Odeon 13.707
Musicas :
A - Quem vem pra Beira do Mar (Dorival Caymmi)
B - Pescaria (Canoeiro) - (Dorival Caymmi)

Dorival Caymmi e Seu Violão
Novembro de 1954 - 78 rpm - Odeon 13.732
Musicas :
A - A Jangada Voltou Só (Dorival Caymmi)
B - É Doce Morrer no Mar (Dorival Caymmi)

Sambas de Caymmi
1955 - Odeon - MODB 3028
Vinil - 10 Polegadas

Dorival Caymmi
Janeiro de 1956 - 78 rpm - Odeon 13.964
Musicas :
A - Sabado em Copacabana (Dorival Caymmi/Carlos Guinle)
B - Só Louco (Dorival Caymmi)

Dorival Caymmi
Março de 1956 - 78 rpm - Odeon 13.987
Musicas :
A - Saudades de Itapoã (Dorival Caymmi)
B - A Lenda do Abaeté (Dorival Caymmi)

Dorival Caymmi
Agosto de 1956 - Vinil 78 - Odeon 14.075
Musicas:
A - Maracangalha (Dorival Caymmi)
B - Fiz uma Viagem (Dorival Caymmi)

Cancoes Praieras
1956 - Odeon - LDS 3004
Vinil - 10 Polegadas

Dorival Caymmi
Maio de 1957 - Vinil 78 - Odeon 14.198
Musicas:
A - Saudades da Bahia (Dorival Caymmi)
B - Roda Pião (Dorival Caymmi)

Dorival Caymmi
Junho de 1957 - Vinil 78 - Odeon 14.207
Musicas:
A - Acalanto (Dorival Caymmi)
B - História pro Sinhozinho (Dorival Caymmi)

Caymmi : Canções do Mar
1957 Vinil - Compacto Duplo 45 rpm - Odeon BWB 1002
Caymmi e o Mar
1957 - Odeon - MOFB 3011
Vinil - 10 Polegadas

Eu Vou Pra Maracangalha
1957 - Odeon - MOEB 3000
Vinil - 10 Polegadas

Dorival Caymmi
Dezembro de 1957 - Vinil 78 - Odeon 14.286
Musicas:
A - 2 de Fevereiro (Dorival Caymmi)
B - Saudades de Itapoã (Dorival Caymmi)

 
 

Ary Caymmi Dorival Barroso
1958 - Odeon - SE 11003
Vinil

Eu Nao Tenho Onde Morar - Compacto Duplo
1959 - Odeon - BWB 1129 - Vinil
Musicas :
Eu Nao Tenho Onde Morar
Dora
Sao Salvador
Acalanto

Dorival Caymmi
Fevereiro de 1960 - 78 rpm - Odeon 14.583
Musicas :
A -São Salvador (Dorival Caymmi)
B - Eu não tenho Onde Morar (Dorival Caymmi)

 
Serie Aplauso
By Dorival E Nana Caymmi
 

Dorival Caymmi e Nana Caymmi
Maio de 1960 - 78 rpm - Odeon 14.616
Musicas :
A - Rosa Morena (Dorival Caymmi)
B - Acalanto (Dorival Caymmi) - Primeira gravação de Nana Caymmi.

 
 

Caymmi e seu Violao
1960 - Vinil - Odeon
CD - Odeon - 789014

 
 

Eu nao tenho onde Morar
1960 - Vinil - Odeon
CD - Odeon - 789014

Caymmi - Compacto Simples
1964 - Elenco - CE 7 - Vinil
Musicas :
...Das Rosas
Inutil Paisagem (com Nana)

 
Caymmi Visita Tom e Leva Seus Filhos Nana, Dori e Danilo. [Import - Japan]
By Tom Jobim, Dorival Caymmi, Nana Caymmi, Dori Caymmi, Danilo Caymmi, Stela Caymmi, Sergio Barroso, Dom Um Romao, Edison Machado
 

Caymmi visita Tom
1964 - Elenco - CD & Vinil

Caymmi (KAI-EE-ME) and The Girls From Bahia
1965
Warner Bros - 1614
Odeon - MOFB 364 (1967) - Vinil

 
 

Vinicius / Caymmi no Zum Zum
1967 - Elenco - Vinil - e CD

Dorival Caymmi
1969 - Imperial - 30.151 - Vinil

Encontro com Dorival Caymmi
1969 - RCA - CALB 5229 - Vinil

Dorival é Nacional
1970 - Vinil - Compacto Simples
Musicas :
A - Boa Terra, Boa Gente (Dorival Caymmi)
Música Composta e Gravada especialmente para o lançamento do cigarro Nacional Magnus.

Caymmi
1972 - Odeon - SMOAB 6007 - Vinil

 
caymmi tambem e de rancho LP
By DORIVAL CAYMMI
 

Caymmi também é de Rancho
1973 - Odeon - SBRXLD 12.497 - Vinil

O Mar (The Sea) Songs by Dorival Caymmi
1974 - HED-ARZI - Vinil

Caymmi - Setenta Anos
1984 - Fundação Nacional de Arte - Vinil

Caymmi - Inedito
1984 - Fundação Emilio Odebrecht
Universal - UMD 51015
Vinil & CD

 
 

Caymmi's Grandes Amigos
1985 - EMI 31C 064.422.963 - Vinil

Dorival Caymmi
1986 - Phonodisc - 034405236 - Vinil

 
 

Dori, Nana, Danilo e Dorival Caymmi
1987 - EMI 7487882 - Vinil & CD

 
familia caymmi em montreux LP
By NANA & DANILO CAYMMI DORIVAL
 

Familia Caymmi em Montreux
1991 - Philips - 510 817 - 2
Vinil & CD

 
Caymmi Em Familia
By Familia Caymmi
 

Caymmi em Familia
1994
Som Livre - 400.1256 - CD

 
Caymmi in Bahia
By Dorival Caymmi
 

Caymmi in Bahia
1994 - Polygram - M 522041 2 - CD

Participações

Recordando Carlinhos Guinle
1962
Vinil Phillips Brasil P 632 116 L

Sitio do Pica Pau Amarelo
1977 - Som Livre - Vinil
Música : Tia Anastacia

Nana Caymmi
1995 - Odeon - Vinil & CD

Maritimo - Adriana Calcanhoto
1999 - CD - Sony Brasil 78914
Musica : Quem vem Pra beira do Mar

Coletâneas

Saudades da Bahia
1980 - EMI - 31C 036 422593 - Vinil

Milagre
1980 - Polygram - Vinil Caixa com 4 LP's

Minha História - Dorival Caymmi
1992 - CD - Polygram Brasil - 518660 2

Meus Momentos - Dorival Caymmi
1993 - EMI - 852359 2 - CD

Mestres da MPB - Dorival Caymmi
1994 - Continental - 995969 2 - CD

Dorival e Nana Caymmi
1995 - BMG - 7432130550 2 - CD

Dorival Caymmi - Personalidade
1995 - Philips - Vinil & CD

Historia de Pescadores
1996 - Odeon - MOFB 3011 - CD
Cuidado : Apesar do Encarte no CD afirmar que contêm o Album "Caymmi e o Mar" na verdade contêm apenas o seu Lado 1 e o Lado 2 do Album "Caymmi e seu Violao" de 1959.

Homenagens

Dorival Caymmi
1966 - SOM Hi-FI - SOLP 40.111 - Vinil

 
Gal Canta Caymmi
universal brazil
 

Gal Canta Caymmi
1976 - Philips - 836 014 2 - Vinil & CD

A Musica de Dorival Caymmi
1977 - Phonogram - 6470 565 - Vinil

A Musica de Dorival Caymmi
1981 - Phonodisc 034 405 119 - Vinil

Grandes Compositores - Dorival Caymmi
1990 - RGE - 342 6060 - Vinil & CD

 

Dorival Caymmi - Songbook Lumiar
1993 - Lumiar Discos - CD Colecao de Vol 1 | Vol. 2 | Vol. 3 | Vol. 4

Dorival Caymmi
1994 - Columbia - 850 346/2 - CD

The Music of Dorival Caymmi

1997 - CD

 
 

Para Caymmi: ao Vivo
Warner


O Som de Dorival Caymmi
Biscoito Fino

 
 

Para Caymmi, de Nana, Dori e Danilo: 90 Anos
Warner

Caymmi: uma Utopia de Lugar
Perspectiva

Bibliografia

 
Cancioneiro da Bahia
By Dorival ; Illustrated by Clovis Graciano Caymmi
 

Dorival Caymmi - Editora Record
1978
 

 
 

Almir Chediak - Lumiar Editora - 2 Volumes
1994

 

 
 

Dorival Caymmi
Publifolha

 

 
 

Dorival Caymmi
Rio

Fonte: Wikipedia, YouTube,

http://www.sombras.com.br/

 
 
 

Se é doce morrer no mar Dorival Caymmi estará sempre vivo no calçadão de Copacabana!

Pesquise e descubra mais!

Custom Search