uma briga

Eduardo e Renata brigam. Coisa banal, todo casal briga. Mas...

Ela nunca mais ligou ou foi vista em Copacabana depois da briga. Embora Eduardo se esforce é quase impossível ele não correr à janela quando ouvi barulho na rua, pensando de repente que ela iria pedir de joelhos po um retorno, mesmo que tardio, mas muito esperado da sua amada. O motivo da briga é desconhecido, até porque nada justifica duas pessoas que se amam se separarem - a não ser que não se gostassem o bastante. Talvez fosse isso que ambos estivessem esperando, um pretexto. Ele finalmente aceita a verdade.

Enquanto isso, Renata nem olhava para trás. Pela Figueiredo Magalhães ela sumiu. Sua boate preferida fechara para reformas, esperava que com isso a Bunker melhoraria, ou ficasse tão bom quanto antigamente. Outra também fechou, pela prefeitura, vigilância sanitária, algo assim. E era perto da casa do Edu. Bom, menos uma oportunidade de cruzar com ele.

2006-07-25 14:43:43