Compre o domínio copacabana.com
Home > Historia > Boate Vogue >


A Boate Vogue em Copacabana, Rio de Janeiro 

A Boate Vogue no momento do incêndio que a consumiu

A Boate Vogue no momento do incêndio que a consumiu

Um dos grandes templos da noite carioca, o Vogue foi até o seu final o mais importante e refinado nigthclub da cidade.


Tuite para os seus seguidores: A Boate Vogue foi o templo maior da noite carioca até meados dos anos 1950

Linda Batista e Jorge Goulart cantando na Boate Vogue

Linda Batista e Jorge Goulart cantando na Boate Vogue

#Hashtag:

 

  • #boatevogue
  • #vogue

 

Avenida Princesa Isabel nos anos 1950

Avenida Princesa Isabel nos anos 1950

A História da Boate Vogue em Copacabana

Um dos grandes templos da noite carioca, o Vogue foi até o seu final o mais importante e refinado nigthclub da cidade. Todas as grandes estrelas dos anos 1940 e 1950 se apresentaram lá como contratadas: Dolores Duran que começou sua carreira no Vogue em 1946, Aracy de Almeida se apresentou em espetáculos noturnos entre 1948 e 1952, Linda atista que foi uma das contratadas entre 1947 e 1952 sem deixar de citar Ângela Maria, Sílvio Caldas, Jorge Goulart, Inesita Barroso.

A Boate Vogue na Avenida Princesa Isabel

A Boate Vogue na Avenida Princesa Isabel

Apesar de pequena em tamanho físico, a casa do Barão von Stuckart, austríaco, na Avenida Princesa Isabel  apresentava o excelente orquestra de negros importados dos EUA e, como outra marca registrada, o piano suave de Sacha Rubin que sempre saudava a chegada dos habitués com a canção preferida de cada um deles: Solitude para Jacinto de Thormes, Invitation para Lourdes Catão, Never let me go para Beki Klabin.

Funcionou a partir de 1946, logo tornou-se ponto obrigatório das personalidades da época sendo frequentado por Benjamin Vargas, irmão do presidente Getúlio Vargas, Teresa e Didu Sousa Campos, Lili e Horácio Carvalho, os Mayrink Veiga. 

boate-vogue1.jpg

No início da década de 1950, o Vogue contratou uma cantora francesa chamada Patachou, que tinha por hábito sentar-se no colo dos senhores enquanto cantava e cortar-lhes a gravata com uma tesoura.

Certa vez, o agraciado era o dr. Fábio Barreto, neto do ex-presidente Antônio Carlos e futuro procurador da república.

Já bêbado, ele recepcionou Patachou abrindo a braguilha, expondo o membro viril e desafiando a cantora a cortá-lo em vez da gravata.

Como ela, não se fazendo de rogada, encaminhasse a tesoura em direção à genitália do doutor, ele mais que depressa recolheu-a, sob apupos gerais.

A cantora francesa Patachou se apresentou na Vogue

A cantora francesa Patachou se apresentou na Vogue

boate-vogueMESAdePISTA55.jpg

Ao contratar, ainda na década de 50, os serviços da então famosa Boate Vogue do Rio, a VARIG apostava na alta gastronomia como parte essencial de uma viagem prazerosa. Em 1955, quando os Super Constellation inauguravam uma linha para Nova York, que iguaria fez mais sucesso a bordo? Foi uma entrada, Bitock de Volaille, do Vogue.

Aconteceu que, no domingo 14 de agosto de 1955, à tarde, a boate Vogue pegou fogo. Dois homens, em desespero, atiraram-se do prédio onde funcionava a boate.

O incêndio do edifício onde funcionava o Vogue comoveu a cidade.

Dolores Duran se apresentando na Boate Vogue

Dolores Duran se apresentando na Boate Vogue

Quando as emissoras deram as primeiras notícias, a população estava longe de prever que o sinistro assumisse proporções tão impressionantes.

Casos verdadeiramente dantescos se passaram no interior do edifício, tomado pelas chamas.

Foi uma luta desigual que se travou entre as poucas pessoas que tiveram a infelicidade de ficar retidas ali dentro e o fogo. Espantados pelo imprevisto da tragédia, entregues à própria sorte, vendo barrados os meios normais de abandonar o prédio, as vítimas tudo fizeram para salvar-se. Lutaram contra as colunas de fogo que marchavam na sua direção.

 

Nara Leão na Boate Vogue

Nara Leão na Boate Vogue

O Globo - 15 de agosto de 1955

Terminou, ontem, uma etapa da vida noturna carioca. Terminou com o incêndio do Vogue e a morte de Valdemar e Glorinha Schiller. Este cronista, ontem, de manhã, ceava em compania de Lúcio Schiller, quando Valdemar e Glórinha subiam ao seu apartamento. Houve o seguinte diálogo:

LÚCIO - Valdemar, sente-se comigo vamos tomar uma taça de champanhe.
VALDEMAR (olhando o relógio) - Não posso porque, amanhã, vou pegar o primeiro páreo do Jockey.

Era a última vez em que víamos Valdemar e Glorinha. Não sabíamos que estávamos na véspera - eles da morte e nós do sofrimento. Em seguida deixamos a boite para sempre.

Com o Vogue terminou uma era da vida noturna carioca.

Outra virá, mas será outra, sem o Vogue.

Queimou-se o piano que fora de Sacha, que passou às mãos de Fats Elpídio, Chaim, José Maria e Carlinhos, mas ficarão as canções das noites do Vogue. "C´est magnifique", "Unforgettable", "I`ve Got You under my skin", "Because of Rain"... tantas na voz de Louis Cole, que hoje está perdido na rua, aturdido, como um bêbedo, como um fantasma.

Acabou-se o Vogue exatamente quando o cornetim dos bombeiros tocou o "fogo extinto".

Antonio Maria

O Globo, 16 de agosto de 1955

A tragédia do cantor norte-americano Warren Hayes, uma das cinco vítimas do incêndio do Vogue, causou emoção tão profunda como aquela do casal Schiller. pois a radiante mocidade e de certo um não menos brilhante futuro eram apanágio dos três.

Warren teve o seu apartamento quase respeitado pelas chamas. mas o calor foi intenso, realmente abrasador, alucinando o rapaz, que, segundo a autópsia, morreu em virtude de extensa queimadura, fazendo-o preferir o salto no espaço.

A tragédia do Vogue deve constituir a última advertência no sentido do reaparelhamento urgente, inadiável, imperioso do Corpo dos bombeiros.

O incêndio do Hotel onde ficava a Vogue na Avenida Princesa Isabel

O incêndio do Hotel onde ficava a Vogue na Avenida Princesa Isabel

Elizeth Cardoso também brilhou na Boate Vogue

Elizeth Cardoso também brilhou na Boate Vogue

A Boate Vogue na Avenida Princesa Isabel foi um marco da noite carioca dos anos 1950, a época de ouro da noite de Copacabana!

Pesquise e descubra mais!

Contato

Anunciar no UMRIO.NET: clique e anuncie! ou envie Email: suporte | Encontre o UMRIO.NET no Google+ | |
Endereço para Correspondência: UMRIO.NET - Avenda Nossa Senhora de Copacabana, 540a/CP 11794 - Copacabana - Rio de Janeiro - RJ - 22022-970 - Brasil

Nota: UMRIO.NET ou parceiros NÃO são responsáveis pelas informações contidas nas páginas ou serviços prestados por terceiros. UMRIO.NET ou parceiros podem usar cookies ou web beacons para coletar dados anônimos quando são exibidos os anúncios no site. Todos os dados são de propriedade dos seus respectivos proprietários legais e sempre, que possível, estão identificados. Caso você tenha direitos sobre conteúdo incluído no site que esteja, eventualmente, não creditado e se identificar-se todos os seus créditos serão incluídos nas respectivas páginas. Usamos empresas de publicidade para veicular anúncios no nosso website. Essas empresas podem usar informações (que não incluem o seu nome, endereço, endereço de e-mail ou número de telefone) sobre suas visitas a este e a outros websites para exibir anúncios relacionados a produtos e serviços de seu interesse. Para saber mais ou impedir que as empresas utilizem esses dados,clique aqui. UMRIO.NET cede seu espaço a diversos provedores de serviços e não é responsavel pelos serviços prestados por terceiros inclusive, mas não limitado, dos anunciantes expostos no site. Fontes: Diversas.
© 1996 / 2014 UMRIO.NET