Custom Search

Avenida Afrânio de Melo Franco, no Leblon, Rio de Janeiro 

A Avenida Afrânio de Melo Franco começa na Praça Padre Serafim Leite e termina na Avenida Delfim Moreira.

Tuite para os seus amigos: Na Avenida Afranio de Melo Franco existe o Shopping Leblon, um dos melhores do Rio de Janeiro!

Na avenida Afrânio de Melo Franco fica localizado o Shopping Leblon, um dos principais centros de compras de luxo do Rio de Janeiro.

Existem vários restaurantes e teatro na Avenida Afrâio de Melo Franco.

GeoLocalização:

Latitude, Longitude : (-22.98335, -43.2179)

CEP da Avenida Afrânio de Melo Franco, Leblon, Rio de Janeiro:

  • 22430-060  Avenida Afrânio de Melo Franco

#Hashtag:

  • #afraniodemelofranco

Avenida Afrânio de Melo Franco, Leblon

Restaurantes na região da Avenida Afrânio de Melo Franco

Doce Delícia - Rua Afrânio de Mello Franco, 290 - Shopping Leblon - 2512-6549

Restaurante da Silva - Avenida Ataulfo de Paiva -  2540-5035

 Gula Gula - Avenida Ataulfo de Paiva - 2259-3084

Confira a Lista completa dos Restaurantes no Leblon clicando aqui

Restaurante Doce Delicia na Avenida Afrânio de Melo Franco no Leblon

A Lista e Reserva de Hotel e aluguel por temporada na Avenida Afrânio de Melo Franco

No mapa estão alguns dos hotéis que selecionamos para você aqui na região da Avenida Afrânio de Melo Franco! Clique nos pinos do mapa e reserve seu hotel no Leblon ou Ipanema pela localização ou consulte a Lista de Hotéis clicando aqui

Avenida Afranio de Melo Franco

Quem foi Afrânio de Melo Franco que deu nome a esta Avenida no Leblon?

Afrânio de Melo Franco

Afrânio Camorim Jacaúna de Otingi de Melo Franco, advogado, diplomata e político brasileiro, (Paracatu, 25 de fevereiro de 1870 — Rio de Janeiro, 1 de janeiro de 1943), filho de uma tradicional família mineira.

Em 1891 se formou em Direito na Faculdade de Direito de São Paulo. Na faculdade participou ativamente da causa da República e após a formatura desempenhou importantes missões no Judiciário mineiro.

Em 1896 foi nomeado secretário da legação brasileira em Montevidéu, no Uruguai e já no ano seguinte foi enviado para Bruxelas na Bélgica, retornando ao Brasil em 1898.

Lançou-se candidato, disputou e venceu as eleições de deputado estadual pela legenda do antigo PRM, o Partido Republicano Mineiro, isso no ano de 1902. 

 

Afrânio de Melo Frânco

E nas próximas eleições disputou e venceu novamente, agora uma vaga de Deputado Federal que ocupou consecutivamente durante doze anos de 1906 a 1918, e de onde saiu em setembro para servir como secretário de Finanças de Minas Gerais e convocado por Delfim Moreira fez parte do gabinete e ocupou o Ministério da Viação.

Com a doença de Delfim Moreira se agravando e sua saúde se deteriorando, Afrânio passa a exercer cada vez mais atividades que era chamado de "primeiro-ministro", deixando o cargo em julho de 1919 com a posse de Epitácio Pessoa.

Nas eleições de 1920 retorna à Câmara onde passa a execer o cargo de líder o seu partido.

Durante o final das reuniões do Tratado de Locarno, Afranio assumiu as negociações pelo Brasil atuando para a conquista de uma das vagas de membro efetivo do conselho da Liga das Nações, que seria no futuro o embrião da ONU, entretanto suas negociasções não foram bem sucedidas, o Brasil terminou preterido pela Alemanha e se retirou da Liga em 1926.

Se volta ao Brasil, novamente Deputado Federal, novamente líder do PRM e agora presidente da, até hoje, prestigiosa Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.

Existia nessa época algo que se convencionou chamar a política do café-com-leite, onde numa eleição um paulista era apoiado por Minas e na outra acontecia o contrário, mantendo-se dessa maneira a hegemonia e o controle do país. Entretanto, contrariando o combinado o presidente Washington Luís indicou o governado paulista Júlio Prestes para ser seu sucessor.

ataulfo.jpg

Afrânio de Mello Franco foi o indicado a procurar vários grupos políticos do Rio Grande do Sul visando o lançamento de uma candidatura de oposição com um gaúcho à frente. Estava formada a Aliança Liberal reunindo os Estados de Minas, Rio Grande do Sul e Paraíba além das oposições dos outros Estados. O nome do candidato: Getúlio Vargas. Afrânio participou da executiva e integrou a coordenação da campanha eleitoral. Terminada a apuração do resultado das eleições veio a confirmação da vitória de Júlio Prestes o que foi determinante para o inicio de um movimento alegando que houve fraude eleitoral. Membros mais exaltados da Aliança, como alguns Tenetistas (Siqueira Campos entre eles) e iniciou-se a articulação de um Golpe para depor, mesmo que pelas armas, o presidente. Afrânio afastou-se mas em compensação seu filho Virgílio foi um dos mais atuantes.

Após a deflagração do Golpe de Estado e com a prisão domiciliar do Presidente Washington Luís, que foi substituído por uma Junta Militar, Afrânio foi nomeado Ministro das Relações Exteriores (Itamarati) e da Justiça. Após a posse de Getúlio Vargas foi confirmado ministro das Relações Exteriores.

À frente do Itamarati, Afrânio desempenhou importantes ações nos batidores de crises na América do Sul como nos conflitos do Chaco e os do porto de Letícia, pela sua atuação foi indicado para receber o Prêmio Nobel da Paz, em 1935.

Foi contra a Revolução Constitucionalista de 1932, em São Paulo contra o governo federal e entre setembro e novembro acumulou interinamente o Ministério da Justiça. Entre novembro de 1932 e maio de 1933, foi o Presidente da comissão nomeada para elaborar o anteprojeto da nova Constituição do país.

Abandonou o Itamarati, protestando pelo fato de seu filho Virgílio ter sido preterido para ser o interventor federal em Minas Gerais. Novamente foi em busca dos votos e em outubro de 1934, foi eleito deputado estadual constituinte em Minas Gerais. 

Ainda representou o Brasil em várias conferências internacionais até o início dos anos 1940. Deixou vários trabalhos escritos, entre eles o clássico "Minorias Étnicas", "O Apóstolo das Selvas Mineiras", e "Um Estudo sobre Cláudio Manoel da Costa".

Morreu no Rio de Janeiro em 1 de janeiro de 1943

Na Avenida Afrânio de Melo Franco fica o Shopping Leblon!

Pesquise e descubra mais!

Custom Search